sexta-feira, 3 de março de 2017

Junto a mim

Lembra de quando éramos crianças
brincávamos entre ameixeiras
tinha até uma goiabeira
onde eu subia prazerosamente
para degustar com você deliciosa fruta.
Lembra da nossa adolescência
nosso corpo mudando, nos assustando
perdendo a inocência com indecência
nossos desejos não queriam frutas
mas sim descobrir o prazer de amar.
Você aprendeu a amar e até já sofreu
mas sempre esteve junto a mim
nunca me esqueceu, nunca me deixou
por isso tenho tantas lembranças
coração que é só meu
que me da tantas esperanças.


**POESIA CRIADA EM 1996

Nenhum comentário:

Postar um comentário