terça-feira, 7 de março de 2017

Eu vi...


Eu vi...
Uma menina gentil
que me deu um sorriso
numa sinceridade febril
da maneira que preciso.

Eu vi...
Uma alma brilhante
um ser apaixonado
que a cada instante
me deixa mais admirado.

Eu vi...
Que se pode ser feliz
que se pode viver ainda
pois li teu poema
tanto ele diz
e tanto me ensinou
como ser feliz.


**POESIA CRIADA EM 1997

Nenhum comentário:

Postar um comentário