quinta-feira, 9 de março de 2017

Declaração de amor

Olha!
Foi longo e triste o meu caminho
perambulando por poesias tristes
sempre com os olhos úmidos
que buscavam a todo instante
alguém que me desse uma razão de viver.
Eu não tinha mais esperanças
não sabia mais o que era felicidade
então do nada você me surgiu
você surgiu e apoderou-se do meu coração
sorrisos nasceram da minha face
eu me emocionei e chorei
chorei por algo chamado paixão.
Você me deu novas esperanças de vida
montou o meu castelo de fantasia
eu te disse “te amo” com certeza
e como num sonho do nada você me surgiu
e me fez suscitar dos poemas amargos
logo depois...
como num pesadelo
você para sempre partiu.


**POESIA CRIADA EM 1997

Nenhum comentário:

Postar um comentário