domingo, 21 de setembro de 2014

Como a chuva


Como a chuva que cai lá fora
o nosso amor
escorreu entre os dedos
por demasia guardar segredos.
Brincamos muito com o coração
usamos demais as palavras
e só agora com a chuva
erramos.

**POESIA CRIADA EM 1995

Nenhum comentário:

Postar um comentário