domingo, 28 de setembro de 2014

A inspiração de um poeta é a própria tristeza


Quando a inspiração desaparece
o poeta fica triste
pois sem a inspiração nada acontece
e sem poema, o poeta não existe.
A necessidade de uma caneta
um papel e uma inspiração
faz do poeta um planeta
do poema uma canção.
O poeta tem muita imaginação
e sensitivo e não é coerente
é lágrimas e coração
é tão humano e tão demente.
O poeta necessita de alguém
que lhe de razão, um coração
eu perdi esse alguém
que eu amo e me dava tanta inspiração.

***POESIA CRIADA EM 1995

Nenhum comentário:

Postar um comentário