domingo, 18 de maio de 2014

Sentimentalmente eu...




Minha mãos trêmulas
com o grito do meu coração
sentindo o peso de se estar só
só, somente a solidão.
Você é algo a ser descoberto
do principio em te conhecer
quando percebo você está por perto
então te quero sem querer.
Tão lindo é o teu rosto
dos teus cabelos enrolados
mais uma vez sinto o gosto
de estar apaixonado.

**POESIA CRIADA EM 1995

Nenhum comentário:

Postar um comentário