quinta-feira, 1 de maio de 2014

Humanos




Todos nós
temos as nossas frustrações
somos apenas humanos
a mercê das emoções.
Somos quem podemos ser
dias alegres, dias tristes
tão necessário chorar
para sentirmos que a vida existe.
Somos como a grama verde
que cresce e morre
somos tão fracos
quando alguém nos socorre.
Somos tão humanos
religiosos e ateus
mas sempre acham os força
na casa e no nome de Deus.

**POESIA CRIADA EM 1995

Nenhum comentário:

Postar um comentário