sábado, 3 de maio de 2014

Carros antigos


Carros antigos
vidas novas
amores velhos
carros velhos.

lágrimas me deixam
carros atuais
não são iguais
carros antigos
não se fazem mais.

Quero correr
naquele carro antigo
quero viver
como aquele carro antigo
que já me deu tantas emoções.

**POESIA CRIADA EM 1995

Nenhum comentário:

Postar um comentário