sexta-feira, 18 de abril de 2014

Poeticamente falando em amor







Algo estranho acontece
ao se ver iluminado por um olhar
e é tão grande a felicidade
poemas puros, amor de verdade.
É tão estranho o teu rosto
que poeticamente é o mais lindo
que já vi, que acariciei
lágrimas... é eu já sei.
Entenda a dor que sinto
poemas, palavras que minto.
Se já te disse e declarei
do teu jeito que tanto pajeei
somos agora dois pontos distantes
que se separaram pra sempre.
Escuta... vou te falar uma coisa
tenho você no meu coração
mas o amor é uma derrota
não te quero mais não
não bata mais em minha porta.

**POESIA CRIADA EM 1995

Nenhum comentário:

Postar um comentário