sábado, 6 de julho de 2013

Sem vida



Em um mundo sem estrelas
não há romance.

Em um mundo sem lua
não há poeta.

Em um mundo sem amor
não há lagrimas.

Enfim...

Em um mundo caótico
tudo é verbal.


**POESIA CRIADA EM 1995

Nenhum comentário:

Postar um comentário