sábado, 2 de fevereiro de 2013

Minuano



No frio
meio vazio
não tenho o teu corpo
não tenho vida.

No frio
meio no cio
tudo é caótico
tudo é verbal.

No frio
nada mal
o hálito do teu beijo
calor sem igual.

No frio
tão quente do teu corpo
que em cima da cama
brinca de felicidade
quando me ama.

**POESIA CRIADA EM 1995

Nenhum comentário:

Postar um comentário