sábado, 26 de janeiro de 2013

Nossa casa










Vou andando, andando
tenho um lugar pra chegar
um lugar para meditar
pessoas para me escutar.
Vou atravessar aquela ponte
talvez eu não veja os montes
mas sei que vou ter momentos eternos
e muitos sorrisos no horizonte.
Quero ter lágrimas nos olhos
ao recitar tantas palavras
pois eu tenho
um caminho de vida entre linhas
com a nossa casa
do poeta de cachoeirinha.

**POESIA CRIADA EM 1995

Nenhum comentário:

Postar um comentário