domingo, 14 de outubro de 2012

Amor de verão




Seus olhos estão na minha frente
e você esta tão ausente
tento não chorar, tento não escrever
tudo o que eu queria era te rever
faz pouco que você se foi
e eu não beijei a tua boca
e eu não alisei os teus cabelos
você ao menos me disse “oi”
somente a lembrança do teu sorriso
vai ficar no meu coração
do teu rosto tão lindo
era só um amor de verão.

**POESIA CRIADA EM 1995

Nenhum comentário:

Postar um comentário