domingo, 19 de agosto de 2012

Farsa


Vai passar
algo mais que uma palavra
muito mais que uma musica
muito menor que um sussurro.
Irei ver
tantas coisas sem sentido
muitas mulheres se traindo
muito déjà vu.
Serei
algo podre
algo límpido
algo longe
algo perto.
Terei
tanto o que falar
muito o que escrever.

Todo amor do mundo!

**POESIA CRIADA EM 1994

Nenhum comentário:

Postar um comentário