domingo, 27 de novembro de 2011

Semente do universo - parte I


A porta se abrindo vagarosamente
mostrando a semente do universo
o inverso do que estamos fazendo
temos que semear o amor
ou sucumbiremos para sempre

***POESIA CRIADA EM 1994

Nenhum comentário:

Postar um comentário