quarta-feira, 2 de novembro de 2011

Ponto crucial


Subi na montanha mais alta do mundo
para tentar alcançar as estrelas
queria pegar uma só, sentir o seu frio
para dar de presente a minha amada.
Desci nas profundezas dos mares
em busca de navios perdidos
e pegar um pouco dos tesouros
só para presentear o meu amor.
Embrenhei-me na floresta fechada
a procura de uma flor rara
que tivesse beleza e um perfume delicado
para homenagear a minha amada.
Mas nada provava o meu amor por ela
eu sentia que faltava algo
para que ela me aceitasse
o tempo passou e um dia ela acreditou em mim
bastou apenas dizer
- EU TE AMO!

***POESIA CRIADA EM 1994

Nenhum comentário:

Postar um comentário