terça-feira, 15 de novembro de 2011

Orar por todos


Escrevo a luz de vela
sonhos, fantasias e realidades
do amor e da paixão
da angustia a infelicidade.
Escrevo sobre os carros
das pessoas da cidade
sobre a bondade sem igual
do mundo carrasco animal.
Quem já foi um dia voltará
quem nunca foi certamente um dia ira
quem sempre sorriu já fez chorar
quem nunca chorou, nunca viverá.
Sonhar todo mundo sonha
entender, ninguém conseguirá
sonhos se realizam
mas para então, temos que trabalhar.
Escrevo a luz de vela
para meu espírito aliviar
fantasmas todos nos temos
mas temos que saber enfrentar
todos nos queremos viver e amar
mas enquanto houver uma criança faminta
enquanto houver guerra no mundo
não! Não vamos também lutar
vamos apenas orar
pois escrevo a luz de vela
pra ninguém me ver chorar.


***POESIA CRIADA EM 1994

Nenhum comentário:

Postar um comentário