domingo, 7 de agosto de 2011

Gritos antigos


Estive escutando uma musica antiga
antiga como meu pensamento
que só sabe recordar uma paixão
a qual me faz sofrer.
E como essa musica essas lembranças
ficam cada vez mais claras
e eu fico mais uma vez triste
por amar alguém que me deixou.
Estou sozinho com minha musica
e não sei mais o que escrever
vivo para uma pessoa
que um dia estragou o meu viver.
Estive lendo cartas antigas
antigas como a minha saudade
que me faz padecer com memórias
memórias que tento esquecer.
Fico sentado em cima de uma duna
e parece que você esta caminhando
tão suave e bela sem me notar
levanto e dou um soco no ar
e grito o seu nome, só por gritar.

***poesia criada em 1994

Nenhum comentário:

Postar um comentário