quinta-feira, 23 de junho de 2011

Seu corpo


Seu corpo ao sol é tão lindo
que faz a minha imaginação delirar
gostaria de ser o sol neste momento
para com carinho, teu corpo acariciar.
Seu corpo brilhante, óleo de bronzear
que me faz sentir muito mais calor
faz-me lembrar de uma palavra esquecida
palavra esta chamada amor.
Seu corpo moreno, cabelo escuro
seus lábios rosados, olhos castanhos
faz-me sonhar, estranhos...
sussurros de um amor falido.
Seu corpo que chama a minha atenção
faz-me viajar, nunca vem
seu corpo que é lindo
faz-me lembrar de um alguém.
Alguém em que o corpo acariciei
alguém que me falou palavras proibidas
alguém que talvez tenha me amado
alguém que me deu esperanças
e que agora tenho o corpo como lembrança.

***poesia criada em 1993

Nenhum comentário:

Postar um comentário