domingo, 19 de junho de 2011

Lágrimas


Se eu chorasse agora
minhas lágrimas teriam um nome
minha dor um sobrenome
e minha magoa um rosto.
Se minhas lágrimas caíssem na terra
e dela brotasse uma flor
iria crescer e ficar bonita
mas um dia iria morrer
como o meu amor.

**POESIA CRIADA EM 1993

Nenhum comentário:

Postar um comentário