sábado, 22 de janeiro de 2011

Chuva, lágrima e paixão*


Quando eu vejo os pingos da chuva
através da vidraça do meu quarto
lágrimas caem dos meus olhos
chuva, lágrima e paixão.
Quando eu escuto uma musica
imediatamente eu penso em você
e meu peito dói e minha alma grita
sou chuva, lágrima e paixão.
Cry the rain, Purple rain, November rain
todas falam de chuva e amor
todas falam de mim, do inicio ao fim
e sou chuva, lágrima e paixão.
Às vezes eu sonho que te encontro na chuva
dou-te um abraço e um beijo
digo que te amo e... acordo
com chuva, lágrima e paixão.
Olho para o céu azul e límpido
e tua imagem se forma nele
mas nuvens negras tomam seu lugar
novamente sou chuva, lágrima e paixão.
Tatuagens com seu nome em meu coração
minha boca fala as tuas palavras
minhas mãos fazem o teu movimento
chuva, lágrima e paixão, eu lamento.
Chuva que parece um choro
lágrimas que caem do meu rosto
paixão eterna que sinto por ti
tudo isso e mais um pouco
de chuva, lágrima e paixão.

***POESIA CRIADA EM 1992

Nenhum comentário:

Postar um comentário