domingo, 7 de novembro de 2010

Sentido da compreensão*


Queria poder compreender o sofrimento
que passo em todos os meus momentos
se sofro porque quero
ou se nasci infeliz.
Não entendo a razão da desconfiança
sempre que alguém me trata bem
tenho medo de me abrir para as pessoas
e depois me arrepender.
Queria poder compreender o amor
que nunca atinge os meus objetivos
que me faz vagar no mundo da ilusão
sem me dar o alguém que tanto preciso.
A compreensão é muito questionada
mas poucos chegam a uma conclusão
que compreender é amar sem saber
e sem saber eu sou amado.
Sou amado por Deus, o todo poderoso
nele sei que posso confiar
sei que não é um falso amor
por graças a ele, a paz há de reinar.

**POESIA CRIADA EM 1989

Nenhum comentário:

Postar um comentário